23 de mai de 2010

GQT - Gestão da Qualidade Total

TQM (Total Quality Management) ou GQT (Gestão da qualidade total) trata da necessidade de se ter eficiência e eficácia no relacionamento de TODOS os elementos que compõem o modelo da empresa, todos são vistos como responsáveis pela qualidade e pela busca da melhoria contínua. Compreende assim, o gerenciamento das relações entre todos os envolvidos com a existência da empresa, interna e externamente, sejam os interesses dos clientes, fornecedores, funcionários, acionistas, sociedade em geral, governo, etc.

Assim, por meio da abordagem de GQT (TQM) todos são vistos como responsáveis pela qualidade e pela busca do processo de melhoria contínua. Sabendo que isso não pode ficar limitado ao sistema de produção, para a GQT (TQM) todos têm um papel a desempenhar. É a administração que deve abrir esse caminho, só ela pode dar início à melhoria da qualidade e da produtividade.

Objetivo da GQT (TQM): Melhoria progressiva dos produtos e serviços, em todos os setores da empresa, redução de custos, eliminação de desperdícios, diminuição dos prazos de projeto, produção e atendimento, visando sempre à satisfação do consumidor final.

* Observa-se que TQM foi chamado de TQC no Japão, apesar de suas atividades serem melhor explicadas por TQM (Total Quality Management - Gerenciamento da Qualidade Total). Feigenbaum criou a sigla TQC (Total Quality Control = Controle da Qualidade Total), estabelecida nos Estados Unidos em 1950. No Japão, o uso do conceito do TQC resultou de um mal-entendido: os japoneses entenderam que a palavra "control" (controle), da sigla TQC, queria dizer "management" (gerenciamento ou gestão). Assim, japoneses e norte-americanos estavam aplicando a mesma palavra - "control" - a conceitos diferentes. A questão ficou superada com a posterior substituição da sigla TQC pela sigla TQM - Total Quality Management, hoje mundialmente adotada (no Brasil fala-se então GQT - Gestão da Qualidade Total).


Nenhum comentário: